Renda Variável

O que é um IPO?


A oferta pública inicial, da sigla em inglês initial plublic offering é o processo em que uma empresa de capital fechado, se torna uma empresa de capital aberto, com ações negociadas na bolsa de valores.

Quando a empresa está abrindo capital, ela vende uma parte de seu capital social para qualquer um que deseje comprar.

O dinheiro captado pode ir para o bolso dos sócios, quando é uma oferta secundária ou para a própria empresa, no caso de uma oferta primária.

O primeiro caso acontece quando algum sócio deseja sair da empresa. A oferta primária tem por finalidade ajudar a empresa a conseguir mais capital para investir ou para quitar uma parcela de suas dívidas.

O processo do IPO pode demorar até seis meses. Para fazer a oferta, a empresa contrata um conjunto de bancos, que será responsável por ajudar a empresa durante o processo.

Durante esses seis meses a empresa irá passar por adequações legais, os bancos farão uma análise completa da empresa e em conjunto com os controladores, irão definir qual será o preço da ação no dia da estreia na bolsa.

Na fase final do IPO, os controladores e os bancos farão o chamado road show, onde eles irão apresentar a empresa para investidores institucionais, a fim de que os mesmos participem da oferta e adquiram uma quantidade relevante de ações.

Um fato interessante, é que em geral, os bancos definem, em conjunto com a empresa, três faixas de preço diferentes. O que pode acontecer é que os investidores podem não gostar do que estão vendo da empresa e passarem a oferecer um preço menor. A empresa então pode aceitar ou não a oferta dos investidores. Sendo assim, em alguns casos a empresa passa por todo o processo do IPO, para no final do mesmo, descobrir que a oferta não é tão boa assim e a mesma acaba não sendo listada na bolsa.

O contrário também pode acontecer, com a demanda pelo papel sendo alta. Nesse caso, dificilmente o preço sobe após a última faixa de preço, mas a empresa pode optar por lançar um lote adicional de ações, até 15% maior do que o lote padrão.

Conclusão

Ao adquirir ações no IPO, você está se tornando sócio de grandes empresas. Essas ações não tem um prazo de validade e tão menos rendimento garantido. Você pode vendê-las a qualquer momento, desde que encontre alguém disposto a comprá-las no mesmo preço que você deseja vender.

Saiba mais sobre os IPOs assistindo à nosso vídeo educacional.

 

 

Compartilhe esse artigo: