Renda Variável

Swing Trade: oportunidades e estratégias.


Entenda essa forma de investir na bolsa de valores.

Um método, de curto e médio prazo, muito utilizado por investidores.

Investir não é algo tão chato e complicado como a maioria das pessoas imaginam, e além disso, pode te trazer muitas oportunidades.

E o swing trade pode te trazer essa oportunidade, se feito com uma boa gestão de risco.

E para isso, é necessário conhecimento. Então, o que é o Swing Trade?

O que é?

O Swing Trade é uma das modalidades de investimentos. Ao contrário do Day-Trade por exemplo, o Swing Trade é menos arriscado e te demanda um pouco menos de tempo.

Ele é uma forma de trading de curto prazo, e quem opta por esse modelo de operação, aposta em tendências de mercado para ganhar dinheiro com ações, futuros, opções e etc.

O que torna o Swing diferente do Day-trade é o prazo de investimento.

No primeiro caso, as operações podem variar entre 2 dias e duas semanas, podendo em alguns casos ultrapassar essas duas semanas, de acordo com a posição desejada.

E no segundo caso, as operações de compra e venda são realizadas no mesmo dia, dentro do mesmo pregão.

Quais ferramentas utilizar para o Swing Trade?

A ferramenta mais utilizada para realizar operações de Swing trade é a análise gráfica.

Como dito anteriormente, a pessoa ao optar por essa modalidade está apostando em tendências do mercado.

E o gráfico pode deixar essas tendências mais visíveis, se utilizado de forma correta.

Sendo assim, se você quiser pegar o movimento de algum ativo no período de algumas semanas, você pode escolher pelo tempo gráfico semanal, por exemplo.

Porém, nesta modalidade, é majoritariamente utilizado o gráfico diário, 60 minutos e o intraday, para que se tenha uma visão mais clara e rápida dos movimentos do mercado.

Como correr menos risco nesta modalidade?

Ao operar no Swing trade, algumas técnicas podem te ajudar a correr menos riscos.

Entretanto, a principal ferramenta que você deve utilizar para minimizar os seus riscos é o stop loss.

Através dele, ao entrar em um ativo, você além de definir uma meta de ganho, também define uma de perda.

Desta forma, você faz com que o emocional não te atrapalhe, e que seus erros sejam menores.

Ou seja, os stops são programados para serem respeitados, independente do que ocorra.

Conclusão

Por fim, como você pôde perceber, o swing trade possui um tempo maior de operação, e com isso, você pode sim ter erros.

Mas, não deve guardar mágoas deles, pois você também tem mais tempo para recuperações.

Hoje, a Bluetrade conta com um analista técnico parceiro, com vagas na lista VIP para seu próximo curso de análise técnica. Portanto, caso você tenha interesse, visite o site e conheça mais sobre este universo.

Link: aprenda.daltonvieira.com/invistamelhor ou app.daltonvieira.com/

Compartilhe esse artigo: